quinta-feira, 31 de março de 2011

Cinco esculturas do período asteca são encontradas no México

Fragmentos em pedra decoravam o Templo Maior na capital do país. Maior peça possui o formato de um crânio e tem 88 cm de comprimento.

G1
Arqueólogos encontraram cinco figuras de pedra no centro histórico da capital do México - onde antigamente existia a cidade asteca de Tenochtitlan -, perto da Catedral Metropolitana, segundo divulgou o Instituto Nacional de Antropologia e História do país (INAH). As peças decoravam as fachadas do Templo Maior, uma das principais construções do império asteca, entre os anos 1.325 e 1.521 da Era Cristã. O material foi achado durante escavações pelo Programa de Arqueologia Urbana mexicano em uma fossa de 12 metros por 7 metros de área. As cinco esculturas foram esculpidas em pedra vulcânica. A maior delas possui o formato de um crânio, com 88 centímetros de comprimento e 44 centímetros de altura. No local da vala onde foram encontradas as figuras existia um piso, que teria sido destruído pelos astecas para criar um depósito para itens arquitetônicos.
Postar um comentário