terça-feira, 2 de outubro de 2012

Ibama tem 72h para se manifestar sobre usina

Juiz federal em Santarém, Airton Portela concedeu hoje (2) prazo de 72 horas para que o Ibama (Instituto Brasileiro de Meio Ambiente) e a Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) se manifestem sobre o pedido de suspensão do licenciamento da usina hidrelétrica de São Luiz do Tapajós, no rio Tapajós.

O pedido foi ajuizado pelo MPF (Ministério Público Federal).

Os procuradores da República Fernando Oliveira Jr, Felipe Bogado e Luiz Antônio Silva, que subscrevem o pedido, alegaram que o licenciamento é irregular “porque foi iniciado sem a consulta prévia aos povos indígenas e ribeirinhos afetados e sem as Avaliações Ambientais Integrada e Estratégica, obrigatórias no caso, porque estão previstas outras seis grandes hidrelétricas na bacia do Tapajós”.
Postar um comentário