sábado, 11 de abril de 2009

Como treinar o cahorro a obedecer?

Descobri um blog irado para ajudar aqueles marinheiros de primeira viagem, quando o assunto é: cachorro!!! (pensaram no quê? rsrsrs..).


Ah, mas não é só de cachorro que ele entende. Se você é daqueles que não resiste e acaba criando os mais variados tipos de bichinhos e têm algumas dúvidas sobre eles, então manda um email para o Alexandre Rossi: faleconosco@caocidadao.com.br. Saca só essas dicas abaixo:


Com medo de perder o carinho do cão, muitas pessoas acabam não usando a palavra “não” da maneira correta. O bicho precisa enxergar você como um líder. Por isso, agir com firmeza é essencial para que você ganhe esse respeito e confiança do animal.

A importância do fracasso
Se você quer mesmo que o seu cachorro aprenda e respeite o significado da palavra “não”, é importantíssimo que ele fracasse sempre na tentativa de fazer alguma coisa errada.
Inclusive esse é um ótimo exercício de paciência e persistência pra você: se o cachorro te vencer pelo cansaço, o treinamento vai por água abaixo! Lembre-se: só há vontade de tentar se há chance de conseguir e seu cão sabe muito bem disso!

Sem exceções!
Portanto, não abra exceções: se o cachorro não deve subir no sofá, então não deixe que ele o faça em hipótese alguma! Se durante o exercício você permitir que o cão suba no móvel uma única vez, ele vai entender que sempre existe uma possibilidade de conseguir o que quer.

Treinando o “não”
Existem vários exercícios práticos que podem te ajudar a ensinar para o cão o significado da palavra “não”.
Um deles é bem simples: coloque um petisco no chão, pode ser um biscoito, bem na frente do cachorro, e diga “não!” sempre que ele tentar pegar a guloseima. Certifique-se que ele não conseguirá, de jeito nenhum, pegar a recompensa. Para isso, você pode usar uma guia ou se conseguir, impedi-lo com a própria mão.
Faça o exercício várias vezes. Sempre que o cão te respeitar e não manifestar nenhuma intenção de roubar o biscoito, recompense-o pelo comportamento certo com carinhos e petiscos.

Coisas proibidas
Também há algumas situações que nos permitem praticar ainda mais o exercício do “não” no dia a dia. Por exemplo: quando seu cachorro pula em você pra tentar roubar os biscoitos que estão na sua mão antes de oferecê-los pra ele. Nesse caso, chegue bem perto do cão e faça aquela festa. Se ele pular, diga “não!” e vire-se de costas imediatamente. Repita a ação toda vez que o cachorro pular em você nessas circunstâncias. Mas, atenção: não se esqueça de recompensá-lo todas as vezes que ele agir da maneira correta.
Colocando estas dicas em uso, logo você vai dominar o “não!” e se tornar o verdadeiro líder da sua matilha, e tudo isso sem perder o carinho do seu cãozinho!
Postar um comentário