segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Eleições 2010: Ficção? Realidade?

Por Carla Ninos

Mais uma campanha eleitoral está começando e mais uma vez nós vamos ser bombardeados pela publicidade. Porque “político” é como um produto, o que tiver melhor propaganda vira líder de vendas.
E convenhamos, são maravilhosas essas propagandas. Atualmente acho mais divertido assistir aos poucos minutos de comerciais do que os programas em si. São minutos de pura viagem ao mundo da fantasia e dos sonhos.
‘Esses caras’ são feras e mais uma vez ficaremos sentados em frente à televisão no horário político nos divertindo, rindo às gargalhadas daqueles candidatos sem noção que viram chacota, elogiando um bom programa, geralmente são aqueles que nos remetem ao tal mundo da fantasia. E mais uma vez vamos ter a certeza de que o nosso voto não vai fazer tanta diferença assim porque a gente vai votar no menos pior, uma vez que os nomes apresentados são só nomes, porque o resto é pura propaganda, são seres fictícios. E se é para vivermos com a ficção porque não colocamos nas urnas eletrônicas os nossos heróis: o Fera do X-Man, Super Homem, Homem Aranha, Mulher Maravilha, He-Man, etc. Pelo menos os nossos heróis tem aquelas qualidades que tanto valorizamos: ética, coerência, pendor para o bem, senso de justiça.
Se esses fossem os nossos candidatos eu votaria no Fera, mas, pelo que já dos candidatos, eu realmente não sei o que fazer, ou melhor, em quem votar. Uma porque não reconheço os candidatos, não há identificação; e dois, a ficção se sobrepõe à realidade.
E agora.. quem poderá nos defender... (cadê o Chapolin colorado???)
Postar um comentário