quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

A COP16 também não vai salvar o mundo (mas é importante!)

Mônica Nunes / Débora Spitzcovsky
Superinteressante - 29 de novembro de 2010

Em dezembro do ano passado, o mundo todo estava com as atenções voltadas para as reuniões da COP15, esperando quase que soluções milagrosas para o combate às mudanças climáticas. Ao final da Conferência, os milagres (claro!) não vieram e a palavra “fracasso” foi muito usada, por gente de todo o mundo, na hora de resumir o desfecho do evento.
Neste ano, talvez por reflexo dos desapontamentos com a COP15, os comentários a respeito da COP16 – 16ª Convenção das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas diminuíram bastante. Pouco se fala sobre o assunto, mas a Conferência começou hoje, dia 29 de novembro, em Cancun e, para evitar novas decepções, os especialistas já avisam: a COP16 também não vai salvar o mundo, mas pode ser, sim, muito importante para o cenário climático mundial.
Por conta de um jogo de interesses bastante complicado, ninguém espera que, ao final da Conferência, seja assinado um acordo global, que defina metas de redução de emissões para todos os países. Por quê? Entender o problema é muito mais fácil do que resolvê-lo: nenhuma nação está disposta a assumir um compromisso de redução de emissões sem saber o que os outros países farão para combater o aquecimento global. Como ninguém dá o primeiro passo, as negociações ficam travadas e o acordo climático global continua existindo, apenas, no imaginário de todos nós. (Para saber mais, leia a reportagem Tasso Azevedo e os desafios do acordo climático global)
Nem por isso a COP16 será em vão. A Conferência é uma ótima oportunidade para que os países discutam as bases do acordo climático global – principalmente porque, como não há expectativas de se assinar nenhum documento de valor legal, os negociadores poderão debater com calma questões essenciais. Se isso realmente acontecer, essa COP será como um evento preparatório para a COP17, que acontecerá no ano que vem, na África do Sul, e que, aí sim, pode prometer fortes emoções!
Para saber os próximos capítulos dessa novela das mudanças climáticas, não deixe de acompanhar as novidades da COP16 no site do Planeta Sustentável!
Postar um comentário