sexta-feira, 21 de outubro de 2011

6ª Mostra Cinema e Direitos Humanos na América do Sul

Lydia Cintra
Superinteressante

A Mostra é a maior do gênero no mundo e pela primeira vez estará em todas as capitais brasileiras em períodos variados até 1 de dezembro. O lançamento aconteceu nesta segunda, no CineSESC, em São Paulo, com apresentação do curta-metragem Dama do Peixoto e do documentário brasileiro Quem se Importa, sobre o trabalho de empreendedores sociais ao redor do mundo.


Por meio do cinema, a Mostra possibilita momentos de reflexão e discussão para um tema abrangente, que se divide em abordagens como o Direito de Criação e Adolescentes, Direito à Terra, Cidadania LGBT , Saúde Mental e Combate à Tortura, Pessoas com Deficiência e Direito à Memória e à Verdade. “É um trabalho de formação de público muito importante. É um cardápio expressivo do ponto de vista cinematográfico e importantíssimo do ponto de vista dos Direitos Humanos”, comentou Francisco César Filho, curador da Mostra.
Há filmes da Argentina, Brasil, Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela. A programação tem filmes legendados para deficientes auditivos e com autodescrição para deficientes visuais e as salas onde são realizadas as sessões têm acessibilidade garantida.
Agende-se!
Quem está em São Paulo tem programação disponível no CineSESC e Cinemateca Brasileira até o próximo domingo. As datas e horários das outras capitais podem ser acessadas pelo site da Mostra. Todas as sessões são gratuitas.


TAGS: mostra cinema e direitos humanos na américa do sul
Postar um comentário